Aplicativo de entrega: As principais informações para você

Aplicativo de entrega
Foto: (reprodução/internet)

Os aplicativos de entrega fazem cada vez mais parte da vida dos brasileiros. Neste artigo você irá conhecer os melhores aplicativos e outras curiosidades sobre o tema. Continue lendo para saber mais sobre aplicativo de entrega.

PUBLICIDADE

Qual o melhor aplicativo de entregas?

Dentre os mais variados aplicativos que existem no mercado atualmente, o Ifood é um dos mais famosos. O aplicativo é um dos melhores no seguimento de entrega de comida da atualidade, pois além de proporcionar aos comerciantes um gerenciamento fácil na plataforma, promove também um aumento de até 50% no faturamento dos seus parceiros.

Atualmente são mais de 60 milhões de pedidos entregues mensalmente, mais de 250 mil restaurantes e aproximadamente 200 mil entregadores somente da rede. O Ifood, além de trabalhar com fastfood, também trabalha com diversos outros itens de restaurante, mercado e conveniência.

PUBLICIDADE

Para entregadores, a empresa oferece o plano básico, onde o próprio estabelecimento é quem faz as entregas e gerencia os entregadores, e também o plano Entrega, onde o próprio iFood faz as entregas por meio de entregadores parceiros.

Outro aplicativo grande no mercado atual é o Rappi. Este é um aplicativo de delivery que não entrega apenas refeições, mas também trabalha com vendas por atacado, pet shop, farmácia, entre outros. Além disso, o aplicativo também oferece a opção de contratar um entregador demandas específicas.

De acordo com a empresa, o Rappi fornece aos parceiros dados relevantes para o gerenciamento do estabelecimento, como por exemplo, informações sobre as vendas e o histórico lucrativo da empresa. A empresa cobra uma porcentagem de comissão e um valor correspondente ao imposto, sobre cada item vendido.

O 99Food é um outro aplicativo de destaque nacional. Esse aplicativo de entrega começou as suas atividades no setor de transporte e posteriormente ampliou para entrega de alimentos. Segundo dados da empresa, ela possui uma equipe técnica que busca auxiliar os restaurantes parceiros, além de oferecer ferramentas voltadas para ações promocionais para os seus associados. O 99Food possui um aplicativo exclusivo para os seus parceiros, o app 99 Store, e este visa auxiliar os parceiros no gerenciamento da loja, bem como fornecer dados sobre o desempenho das vendas. Assim como o Ifood, o  99Food oferece dois planos, onde existe a opção do próprio 99Food gerenciar a entrega dos pedidos, e a opção da entrega ser realizada e gerenciada pelo próprio restaurante.

Como trabalhar em APP de entregas?

Embora cada aplicativo tenha a sua própria regulamentação para parceiros, de modo geral, para ser um entregador, é preciso preencher uma ficha no aplicativo e realizar a solicitação pelo próprio aplicativo. Os motoristas do aplicativo podem trabalhar com moto, carro e até mesmo van. Além disso,  na maioria dos casos, o entregador também precisa ser um Microempreendedor Individual (MEI) para poder receber da plataforma.

PUBLICIDADE

Como fazer entregas sem transporte?

De modo geral, as propostas dos aplicativos de entrega são simples, o consumidor paga pela retirada e o produto será entregue no local desejado. A administração das entregas é realizada por cada plataforma. Se você não possui entregadores, pode contratar terceirizados ou utilizar os serviços de entrega do próprio aplicativo de entrega.

Qual app de entrega dá mais dinheiro?

Esta é uma questão que pode variar bastante, pois o lucro depende sobretudo dos clientes e da quantidade de entregas realizadas. De modo geral, as entregas ocorrem em distâncias entre 3 e 5 km, e é justamente por isso, que os ganhos por corrida variam entre R$ 7,90 e R$ 10,10. Segundo os próprios entregadores, os aplicativos que mais compensam financeiramente são o Rappi ou Uber Eats.

Quanto ganha entregador iFood e Uber Eats?

Segundo dados do site salario.com.br, no Brasil, um entregador do Uber Eats pode ganhar de R$ 80 a R$ 160 por dia, mas isso depende muito da região e também do próprio fluxo de entregas, por isso, nos finais de semana e nos feriados os lucros tendem a ser maiores.

Como dado comparativo, um trabalhador CLT que trabalha oito horas por dia, ganha entre R$ 10 a R$ 20 por hora trabalhada. De modo geral, cerca de 80% dos entregadores do próprio Ifood ganham mais de R$ 1.300 no mês, por aproximadamente cerca de 5 horas de trabalho por dia, é importante ressaltar que as gorjetas também fazem parte desta média.

PUBLICIDADE

INSCREVA-SE

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner