CIEL3: O que você precisa saber?

CIEL3
Foto: (reprodução/internet)

A empresa Cielo S.A., uma das maiores do Brasil no setor financeiro, possui destaque no seu trabalho no segmento de serviços financeiros diversos. Continue lendo para saber mais sobre CIEL3.

PUBLICIDADE

A empresa nasceu na década de 90 e virou referência na área de tecnologia do setor financeiro, de tal forma que passou a estar à frente do segmento de pagamentos eletrônicos na América do Sul.

A Cielo é uma empresa constituída como sociedade anônima de capital aberto e suas ações são negociadas na bolsa brasileira B3, com o código CIEL3.

Histórico da CIEL3

PUBLICIDADE

A empresa Cielo foi fundada no ano de 1995, depois da união de cinco instituições: Banco Real, Banco do Brasil, Bradesco, Banco Nacional e Visa Internacional. O negócio de início foi nomeado como Visanet e tinha como objetivo, desenvolver um segmento de pagamentos eletrônicos da Visa em território nacional.

Nos primeiros anos de funcionamento, a Visanet se ampliou significativamente, ganhando espaço nesse setor. Com sua rápida expansão, foram criadas a Visa Electron e a Visa Vale.

O grupo aproveitou a rápida expansão do mercado consumidor nacional na próxima década. Além disso, é importante lembrar que a falta de concorrência foi um fator aliado e essencial para o desenvolvimento do grupo e para que ele ficasse à frente, se tornando um dos principais da América do Sul.

Em 2009, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, em parceria com a CADE, aprovou a instituição de novas marcas nesse setor, o que favoreceu o surgimento da concorrência.

Como não tinha mais exclusividade com a Visa, a Visanet passou a usar a razão social Cielo. No mesmo ano, a empresa passou a negociar suas ações na Bolsa de Valores.

Para se manter competitiva, a Cielo realizou, nos anos seguintes, parcerias com os setores de tecnologia, permitindo ao grupo a diversificação de seus serviços e produtos.

PUBLICIDADE

Em 2012, a empresa atingiu uma presença nacional de marca bastante expressiva, de 99% em todo o território nacional. Na mesma época, a empresa passou a ter mais de um milhão de clientes.

A Cielo atingiu a sua maior marca histórica de captação de volume financeiro em 2016, de forma que o valor acumulado naquele ano representou 10% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

Para se manter competitiva no mercado, a empresa, em 2019, lançou o Cielo Pay, um aplicativo voltado para facilitar a relação entre empresas e clientes. A plataforma tornou possível a realização de transações financeiras sem a necessidade de máquinas de cartão de crédito ou débito.

Atualmente, a Cielo se faz presente em mais de 5500 cidades do Brasil, total que corresponde a mais de 99% do território nacional. O grupo também possui atuação na área de pagamento online.

Produtos e Serviços da Cielo

O foco da empresa Cielo é a prestação de serviços digitais no setor financeiro, área em que a empresa atua com serviços de captura, transmissão e liquidação comercial em transações que envolvem cartões.

Além disso, a empresa é a maior no segmento de negócios de pagamentos eletrônicos da América do Sul.

A Cielo também atua no setor digital por meio do seu e-commerce, e mais recentemente, através do seu aplicativo Cielo Pay.

Balanço Cielo em 2021

Após um período conturbado, a empresa, no ano de 2021, apresentou aumento de quase 10% em suas ações. De acordo com o balanço trimestral, a empresa registrou um lucro de 336,9 bilhões no último trimestre de 2021. Isso representou uma alta de 13% em relação ao balanço de 2020. O grupo apresentou uma receita líquida total de 3, 141 bilhões no último trimestre de 2021, o que correspondeu a um aumento de 3,9% em relação ao ano anterior.

Devido à abertura de concorrência nos últimos anos, a Cielo, que era líder do mercado, vem perdendo consistentemente sua participação. Dessa forma, para se manter competitiva, foi preciso realizar um ajuste de preços provocando sua diminuição sucessiva nos últimos anos e a receita extraída por volume transacionado caiu para 0,70% no último trimestre de 2021.

Dividendos da CIEL3

A Cielo divulgou no final de 2021 a sua distribuição de pagamentos de Juros sobre Capital Próprio (JCP). A companhia divulgou o pagamento de 235,7 milhões para seus acionistas, o que corresponde a R$0,087 centavos por ação única, de modo que um lote com 100 ações apresentará um rendimento de R$8,70.

E você, o que achou do artigo? Deixe seu comentário.

PUBLICIDADE

INSCREVA-SE

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner