Carteira recomendada ações para Junho de 2019 do BTG

Os 10 ativos da carteira recomendada pela BTG para junho e ainda o que os analistas esperam deste fim de semestre.
Além do Ibovespa a carteira recomendada da BTG usa como benchmark também o IBRX-50. Pois este último leva em conta as empresas mais relevantes, em outras palavras apenas aquelas com maior valor de mercado.
Sendo que em maio os índices foram: Ibovespa 0,70% IBRX-50 0,46%
Segundo a BTG apenas duas mudanças foram feitas no portfólio, assim saíram da carteira recomendada dois ativos. Da mesma forma foram inseridos Grupo Pão de Açúcar (PCAR4) e Rumo (RAIL3), com peso de 10% cada uma.
De acordo com analistas da BTG, as ações da RAIL3 estão aptas para compra, mesmo perante o negativismo das notícias. Pois no início de maio, as manchetes da febre suína africana (ASF) afetaram a empresa no mercado. Leia também   Weenze é pirâmide financeira? Confira avaliação
No entanto impactaram só no início, desta forma os especialistas não acreditam que a ASF afete no longo prazo. Além disso a China continua sendo importadora de soja e o volume tende a diminuir apenas 5%.
Segundo o 1T19 do Grupo Pão de Açúcar (PCAR4) encerrou o período com um lucro líquido de R$219 milhões. Da mesma forma acumulou nos últimos 12 meses um lucro líquido de R$ 1.13 bilhão.
Além disso até março de 2019, a companhia tinha um ativo total de mais de R$57 bilhões. Também possuía um patrimônio líquido de quase R$14 bilhões. Economia com a Reforma da Previdência
Desde maio os analistas da BTG esperam a aprovação da Reforma da Previdência, acima de tudo devido a economia. Segundo o governo serão R$700 bilhões no prazo de 10 anos, sendo isso condicional para a alta do Ibovespa. Leia também   Melhores small caps para novembro 2019
Portanto é preciso estar preparado para a volatilidade do mercado em tempos de decisão, de acordo com os especialistas. Assim mais uma vez o portfólio foi formado com equilíbrio e focando em ações com quadro de bons resultados. Tags: 1T19BenchmarkBTGfebre suína africana (ASF)Grupo Pão de Açúcar (PCAR4) e Rumo (RAIL3)ibovespaIBrX-50RAIL3Reforma da previdência