15 ações que se beneficiam da queda do juro

Você sabe quais são as 15 ações que se beneficiam com a queda dos juros? Veja mais sobre o assunto!
Conforme informações obtidas os juros estão em queda devido as mudanças no cenário econômico. Assim sendo, especialistas selecionaram as 15 ações que mais podem ser beneficiadas com esse cenário. As 15 ações que se beneficiam com os juros em queda
Em primeiro lugar nós já sabemos que há uma certa mudança na economia do país. Devido ao fato de estarem ocorrendo reformas, privatizações, projetos, entre outros.
VOCÊ VIU QUE O PRESIDENTE BOLSONARO APROVOU A PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS? CLIQUE AQUI E DESCUBRA !
Desse modo, os juros estão em queda e isso pode beneficiar as ações de algumas empresas. Além disso, a taxa Selic também está em margem baixa, e o Banco Central continua realizando alguns cortes de juros.
CLIQUE AQUI E VEJA A NOVA TAXA DE JUROS DA SELIC!
Então nesse cenário alguns investidores podem escolher essas ações que se beneficiaram com os juros em baixa. Dessa forma, especialistas divulgaram as melhores ações para se investir nesse período, veja: CVC (CVCB3) Oi (OIBR4) Marfrig (MRFG3) Light (LIGT3) Cyrela (CYRE3) Atento (ATTO) BRF (BRFS3) Cemig (CMIG4) Grupo Pão de Açúcar (PCAR4) JBS (JBSS3) Iguatemi (IGTA3) AES Tietê (TIET11) Anima (ANIM3) Lojas Marisa (AMAR3) lochpe Maxion (MYPK3)
QUER SABER QUAIS AS MELHORES MICRO CAPS DA BOLSA? CLIQUE AQUI E DESCUBRA!
Nesse sentido as ações das empresas CVC (CVCB3), Oi (OIBR4), Marfrig (MRFG3), Light (LIGT3), Cyrela (CYRE3) se destacam. Pois são as ações que mais poderão se valorizar com essa queda nos juros. Leia também   Localiza (RENT3) pagará dividendos nesta quarta (06/02)
Segundo os especialistas na área, a curto prazo serão beneficiadas as ações que se enquadram no mercado doméstico. Assim, se destacam empresas que possuam um maior alcance financeiro e financiamento no geral.
Além disso, não podemos esquecer que o Banco Central continuará realizando cortes nos juros e a reforma da previdência avançou. A taxa Selic poderá chegar a 5,50% no fim do ano.
Portanto, cabe ao investidor verificar esse cenário e então seguir as recomendações desses especialistas.
Gostou do artigo? Então assine a nossa NEWSLETTER clicando AQUI e fique por dentro de as nossas atualizações! Não esqueça de curtir nossa página no Facebook clicando AQUI! Tags: AçõesAES TietêAMAR3ANIM3AtentoATTOBanco CentralbrfBRFS3Cemigcenário econômicoCMIG4CVCCVCB3CYRE3CyrelaeconomiaEmpresasespecialistasGrupo pão de açúcarIGTA3IguatemiInvestidoresJBSJBSS3LightLIGT3Lochpe-MaxionLojas MarisaMarfrigmelhores açõesMRFG3MYPK3OiOIBR4privatizaçõesqueda de jurosReforma da previdênciareformasTaxa SelicTIET11