4 formas inteligentes de reduzir as suas dívidas

Se você permitir, a dívida pode facilmente engolir suas finanças antes que você perceba. Assim, você será enterrado sob uma bola de neve, em contas inacabáveis! É necessário um real esforço para sair do buraco. Aqui, reunimos 4 das estratégias mais sensatas e poderosas de gerenciamento da dívida. Aprenda a contratá-las e sair na frente da dívida antes que ela se torne um problema sério e sufocante.
Índice de conteúdo 1) Boa ou má dívida2) Classifique suas dívidas3) Faça um plano4) Faça um esforço 1) Boa ou má dívida
Uma dívida incobrável refere-se a qualquer dívida que custe mais do que os retornos que serão gerados pelos fundos emprestados. Estas são as dívidas que você quer se concentrar em limpar em primeiro lugar. Um exemplo de “boa dívida” seria um financiamento, pois você está usando esse empréstimo para comprar um bem. Um exemplo de má dívida seria a dívida do cartão de crédito. Pois não só poderia arruinar seu score de crédito, mas irá acumular mais interesse quanto mais você deixar acumular. Leia também   Petrobras pode se tornar uma das maiores pagadoras de dividendos 2) Classifique suas dívidas
Depois disso, classifique seus débitos e torne sua missão pagar as dívidas mais hediondas primeiro. Quanto maior o interesse, mais alta a lista deve ir. Tente ignorar o saldo total aqui e concentre-se principalmente no interesse. 3) Faça um plano
Criando um plano estruturado é um passo incrivelmente importante para acabar com suas dívidas. Nem pense em espalhar suas dívidas ruins. Em vez disso, concentre-se em pagar suas piores dívidas primeiro. Depois, enxaguar e repetir até que todas as suas dívidas ruins sejam claras. Então, você pode passar para as boas dívidas.
Dica bônus: leia livros sobre educação financeira. 4) Faça um esforço
Finalmente, quando se trata de realmente quitar suas dívidas, lembre-se que cada pequeno esforço levará a uma vida sem dívidas. Então, se você tem um pouco de dinheiro extra no final do mês ou no final da semana. Faça um sacrifício. Ao invés de sair e gastar em restaurantes e bares, considere guardá-lo e usá-lo para reduzir suas dívidas. Mesmo que pareça uma quantia insubstancial, você ficará surpreso com a rapidez deste efeito. E, antes que você perceba, estará vivendo sem dívidas! Leia também   Cielo pagará dividendos estimados em R$0,26 por ação a acionistas em Março
Vale lembrar que economizar todo mês vai ajudar a você a ganhar mais e sobrar mais dinheiro. Afinal, se você quer conquistar a sua liberdade financeira, este é o primeiro passo! Tags: acabar com as dívidasCartão de Créditocomo sair das dívidascomo se livrar das dívidasDívidaFinanciamento