5 ações para investir em Junho, segundo a Toro

A Toro Investimentos já fez as apostas para junho, sendo que suas escolhas são bastante otimistas.
Na nova configuração do portfólio da Toro Investimentos as cinco empresas selecionadas, possuem risco e potencial de ganho muito equilibrados. Assim acompanhe a análise a seguir. Duas ações maio na carteira de junho
A Toro Investimentos acredita que as ações escolhidas, demonstram tendência de valorização no curto prazo. Assim além disso em maio a carteira teve um desempenho positivo de 3,2%, frente a alta de 0,70% do Ibovespa.
A corretora manteve as ações IRB Brasil (IRBR3) e Movida (MOVI3) da carteira de maio. Então sendo assim incluiu Tim Participações (TIMP3), Lojas Renner (LREN3) e Cesp (CESP6) em seu portfólio mensal.
O IRB Brasil é atualmente líder em resseguros na América Latina e seu valor de mercado é de R$28 bilhões. Assim a abertura de capital da empresa ocorreu em 2017, isso aconteceu três anos após a privatização em 2013. Leia também   Via Varejo: um futuro case de sucesso da Bolsa?
Então na sexta-feira 7, as ações da empresa fecharam cotadas a R$98,54 sendo que a alta registrada foi de 3,89%. De acordo com a Toro o preço que a ação precisa alcançar é de R$112,00 para justificar a aplicação.
Movida Participações é a empresa que atua em locação, venda de seminovos e terceirização de frotas de veículos leves. Aliás conta com a frota mais nova do Brasil, que disponibiliza veículos nos principais aeroportos.
Após atingir altos patamares em sua cotação, terminou o pregão negociada pelo preço de R$13,93 o lote. De todas as formas para a Toro Investimentos, a ação tem um potencial de ganho de 11,28%.
As três que entraram na indicação da Toro  Investimentos
A Tim Participações teve o lucro líquido de mais R$120 milhões no 1T19, isso é 51,03% inferior ao valor de 1T18. Sendo que em maio do ano passado foram apurados mais R$ 245.13 milhões. Leia também   BlockCrypto Expo: maior evento sobre Bitcoin do Brasil acontece dias 16 e 17 de Julho
No último pregão as ações terminaram cotadas em R$11,09, sendo que houve bastante oscilação no período. O risco máximo admitido pela Toro com este ativo, é uma perda de 7,27%.
As Lojas Renner possuem sua própria Administradora de Cartões de Crédito Ltda. e também atua na importação de produtos. Sendo que suas ações são negociadas na bolsa desde 2005.
Sua última cotação registrou o valor de R$44,36 foi uma alta para o período, pois abriu o pregão abaixo da média. Além disso é o ativo da carteira mais próximo do preço-alvo estabelecido pela Toro de R$49,95.
A última da carteira é a
A Companhia Energética de São Paulo – CESP e uma das maiores empresas produtoras e de energia elétrica. E por sua vez é controlada pelo governo do estado de São Paulo. Leia também   8 grandes empresas querem comprar os Correios, diz Salim Mattar
Teve uma variação positiva no pregão de sexta-feira com 0,44% e fechou cotada a R$27,13. A Toro Investimentos espera um retorno moderado de 9,02%, sobre este ativo. Tags: 1T181T19Administradora de Cartões de Crédito LtdaCESP (CESP6)governo do estado de São PauloIRB Brasil (IRBR3)Lojas Renner (LREN3)Movida (MOVI3)preço alvoPrivatizaçãoTim Participações (TIMP3)toro investimentos