Iphone não carrega: Saiba como resolver para sempre

iphone não carrega
Foto: (reprodução/internet)

Quando o iPhone (iOS) para de carregar em 80% ou até mesmo não recarrega, é possível resolver esses e outros problemas com alguns procedimentos que podem ser realizados em casa. Para isso, a própria Apple oferece ao usuário algumas dicas para resolvê-los. Confira no tutorial abaixo como realizar esses passos de forma simples e rápida.

PUBLICIDADE

Ainda assim, vale o alerta: se nenhuma das soluções funcionar, o ideal é que o usuário entre em contato com o suporte da Apple ou uma assistência técnica especializada.

O cabo e a tomada estão funcionando de maneira correta?

Quando o iPhone começa a apresentar problemas de carregamento, é bastante comum o usuário pensar que o defeito está no celular. No entanto, também é possível que a origem do problema esteja realmente no cabo ou no carregador.

PUBLICIDADE

Portanto, inicialmente, verifique se eles estão funcionando corretamente. Também é importante testar em outra tomada. Dessa forma, o usuário pode ter certeza se o problema é com o telefone ou não.

Se o seu iPhone não carregar ou o carregamento estiver lento

Se o seu iPhone não carregar a bateria ou o carregamento estiver lento, execute as seguintes etapas para tentar consertá-lo:

  1. Verifique se o cabo ou carregador está com defeito.
  2. Limpe bem a porta de carregamento e remova todos os detritos.
  3. Insira o cabo corretamente – certifique-se de que esteja apertado, para ter certeza. Em seguida, deixe o iPhone carregar por 30 minutos.
  4. Forçar a reinicialização do iPhone.
  5. Deixe-o carregar outra vez por mais uns 30 minutos.

Se um alerta informar que o acessório não possui compatibilidade

Ao adquirir um carregador que não é fabricado pela Apple ou não possui o selo de certificação MFi, pode ser que o acessório não seja compatível com o aparelho, dando erro assim que for conectado. No entanto, é possível que essa notificação apareça mesmo com um produto confiável. Se este for o problema, siga os passos abaixo:

  1. Limpe a entrada do cabo do carregador do iPhone.
  2. Reinicie o smartphone e tente usar outro cabo e carregador.
  3. Verifique se o seu iPhone tem as últimas atualizações.
  4. Tente carregar novamente.

Procure o suporte técnico da Apple

PUBLICIDADE

Se as opções acima não resolverem o problema do seu iPhone, é melhor entrar em contato com o suporte da Apple. Para isso, saiba como utilizar a garantia e assistência técnica da empresa em seus aparelhos.

Usar o carregador de outra marca danifica o telefone?

Tenha em mãos o carregador original do dispositivo. Se você não tiver mais o mesmo, pesquise no site do fabricante suas especificações. Por meio deles, você poderá comparar os dados da fonte original com os de outra marca. Além disso, é importante verificar se os plugues de ambos os dispositivos são realmente compatíveis.

Observe em que faixa de voltagem o novo carregador opera. Por exemplo, se a rede elétrica da sua casa entrega 110 V, não adianta ligar o carregador, ele precisa de 220 V e vice-versa. Na figura abaixo, o carregador é do tipo bivolt, ou seja, opera tanto em 110 quanto em 220 V. Se o novo carregador for desse tipo, não haverá riscos em termos de tensão.

Observe a tensão de saída da fonte de alimentação antiga e a nova. Seu aparelho pode exigir, por exemplo, 5 V e o novo carregador pode estar passando 9 V. Ou seja, o celular estaria recebendo uma carga maior do que suporta, podendo até danificá-lo. Fique atento, compare os carregadores (antigos e novos) e veja se as tensões de saída são exatamente as mesmas;

Outro ponto relevante é a amperagem do novo carregador. Ou seja, a intensidade da corrente elétrica que está fornecendo ao seu dispositivo. Por exemplo, se o celular consumir uma corrente de 0,15 amperes e o carregador tiver capacidade de enviar 1 A (1000 mA), não haverá problema, pois estaria consumindo apenas uma parte da corrente disponível. Por outro lado, se o seu dispositivo consumir uma quantidade de amperes maior do que a fornecida pela fonte, isso poderá danificá-lo, causando aquecimento excessivo em seus componentes.

A melhor forma de evitar problemas é observar com atenção os dois carregadores, e certificar-se de que a corrente que o celular necessita é de fato compatível com a fornecida pela nova fonte.

PUBLICIDADE

INSCREVA-SE

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner