Taxas infinitepay: As melhores informações estão aqui

taxas infinitepay
Foto: (reprodução/internet)

A maquininha de cartão da InfinitePay vem se tornando popular no mercado por causa do conjunto de benefícios que tem sido ofertado pela marca e pode ser uma opção interessante para quem procura mais opções de máquinas diferenciadas. Continue lendo e veja as taxas infinitepay.

PUBLICIDADE

Ela é uma boa opção para os empreendedores que querem fugir das maquininhas populares do mercado e querem expandir o seu volume de vendas com taxas mais acessíveis. Neste artigo, você conhecerá todos os benefícios das maquininhas InfinitePay e as taxas.

Qual a taxa da maquininha InfinitePay?

 Empreendedores interessados nas maquininhas InfinitePay também desejam saber mais sobre as taxas que a ferramenta possui, para realizar a análise dos custos-benefícios.

PUBLICIDADE

De início, a InfinitePay não apresenta cobrança de tarifas de adesão ou mensalidades, seguindo a linha dos concorrentes. Quando usada e o vendedor realiza pagamentos, são gerados apenas os custos operacionais.

Um outro benefício é que o empreendedor consegue antecipar os recebíveis, ou seja, receber os valores parcelados antes do período indicado.

Atualmente, as taxas da InfinitePay variam de acordo com a bandeira do cartão e são:

InfinitePay taxas no débito: 1,44% para bandeira Visa e Mastercard e 2,44 para bandeira Elo;

InfinitePay taxas no crédito à vista: 2,89% para bandeiras Visa e Mastercard, 3,37% bandeira Hipercard e 4,08% para bandeira Elo;

InfinitePay taxas no crédito parcelado: 3,58% a 7,43% para bandeiras Visa e Mastercard, 4,49% a 8,22% para bandeira Hipercard e 4,77% a 8,48% para bandeira Elo.

PUBLICIDADE

Um dos diferenciais é que não há necessidade de venda mínima para operar com essas taxas. Assim, os encargos de recebimento são os mesmos independente do valor total da compra. As tarifas também não sofrem mudanças se o vendedor optar por receber no prazo mínimo, que é de um dia, um dos menores do mercado.

Vale a pena adquirir uma maquininha InfinitePay?

Em primeiro lugar, é importante esclarecer que essa é uma decisão que cabe ao empreendedor decidir, de acordo com as suas impressões pessoais.

A maquininha Infinite Black Smart tem suas próprias características e benefícios, taxas e custos que serão mais ou menos vantajosos de acordo com o negócio.

Pode ser que não seja tão vantajoso para aqueles que precisam de uma maquininha portátil, mas pode ser ideal para aqueles que precisam de uma máquina com taxas reduzidas e com baixo custo de aquisição.

Embora tenha funcionalidades semelhantes às outras maquininhas do mercado, com possibilidade de emissão e impressão de comprovantes, pagamento por aproximação e touchscreen, a InfinitePay se destaca pelas suas taxas mais acessíveis que as concorrentes.

Ela possui bateria de longa duração e aceita as principais bandeiras do Brasil: Visa, Mastercard, Elo e Hipercard, que é uma característica positiva para o vendedor.

Vantagens da InfinitePay

Além dos pontos positivos citados, existem outros que podem ser agregados a InfinitePay.

Junto com o combo do serviço, o vendedor terá a sua disposição recursos como plataforma para gerenciar os gastos e uma conta digital gratuita. Isso permitirá que ele tenha maior controle financeiro do seu negócio sem pagar taxas adicionais.

O serviço também possibilita a criação de uma loja virtual para o vendedor sem custos. Isso permite a migração para o mercado digital, expansão das vendas e aumento dos ganhos. A loja já possui todas as integrações com os links de pagamento da máquina da InfinitePay para garantir facilidade aos empreendedores e aos clientes.

O vendedor poderá retirar seus pagamentos em um prazo de um dia útil, o que é um prazo recorde. Sendo que os concorrentes possuem um prazo maior.

A InfinitePay disponibiliza uma calculadora de taxas, o que permite aos seus usuários a comparação de taxas de serviço com outras marcas, de forma prática e rápida.

Desvantagens da InfinitePay

É disponível apenas para pessoas jurídicas, ou seja, apenas quem possui um CNPJ pode adquirir a maquininha. O que é um ponto negativo para autônomos que precisam de uma maquininha, mas ainda não possuem registro comercial.

Ela também não trabalha com bandeiras de vale-alimentação e vale-refeição, uma das formas de pagamento mais populares entre os consumidores. O que pode causar queda de rendimento para quem vende.

Além disso, ela não permite trabalhar com meios de pagamentos diferenciados, como Pix e QR Code.

E você, já conhecia essa maquininha? Deixe seu comentário.

PUBLICIDADE

INSCREVA-SE

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner