Ações para comprar em Maio de 2019, segundo Elite

Os analistas da Elite Investimentos se posicionaram quanto a suas carteiras de ações, dividendos e small caps. Assim se avisa que maio é o mês para acalmar o mercado.
As mudanças nas carteiras recomendadas da Elite, totalizaram a saída e entrada de 8 ativos. Então o destaque fica com as ações da Fleury (FLRY3), desacreditadas pelo mercado, mas uma aposta valiosa para Elite. Carteira recomendada de ações maio/19
O rendimento da carteira principal da Elite em abril foi positivo em 1,30%, isso frente ao Ibovespa com 0,98%. Assim os analistas decidiram mudar o portfólio, mesmo com a alta.
A visão do mercado ainda está turva com as negociações parlamentares referentes a reforma da previdência. Então neste cenário a composição da carteira ficou assim:
Fleury (FLRY3), Sabesp (SBSP3) e Usiminas (USIM5) passaram a fazer parte da listagem para o mês de maio. A Suzano Papel (SUZB3) manteve sua participação do mês anterior, mesmo tendo a pior rentabilidade do período. Leia também   Uol vende quase 17 milhões de ações do PagSeguro
A ação da Usiminas (USIM5) fechou o pregão dessa sexta-feira com alta de 4,97% negociado a R$8,87 o lote. Então no final do mês de abril o papel teve um dos piores desempenhos da bolsa.
Sabesp (SBSP3) também entrou para carteira recomendada, fechou em alta de 0,78% cotada a R$46,70. Assim no mês passado foi uma montanha russa de emoções para a empresa, entre reajuste de tarifas e lançamento de debêntures.
Por fim entrou Fleury (FLRY3), com alta de 2,38% e o valor do lote a R$20,64. Assim a divulgação do 1T19 foi devastadora para o mercado, porém a Elite acredita que a credibilidade da empresa está intacta. Carteira recomendada dividendos maio/19
Nesta listagem a busca é pelos pagamentos de dividendos das empresas, sendo que o benchmark é o Índice Dividendos (IDIV).
Então a carteira em abril teve perda de -0,44%, sendo que o IDIV teve uma alta de 3,09%. Assim foram feitas quatro modificações na carteira, com o intuito de reconquistar o status de rentabilidade: Leia também   Ibovespa decola e bate recordes
As novidades da carteira são: Banrisul (BRSR6), Copel (CPLE6), Porto Seguro (PSSA3) e Tupy (TUPY3). A instabilidade do preço do combustível, por certo deixaram Enauta (ENAT3) e Ultrapar (UGPA3) fora do portfólio para maio.
A Tupy (TUPY3) fechou em queda de 0,17% negociada a R$17,47. Este ano a ação passou a fazer parte do Índice IBrX 100, devido a sua alta rentabilidade no longo prazo.
A segunda da lista é Banrisul (BRSR6), que encerrou a sexta-feira dia 3 em alta de 1,31%, cotada a R$24,67. Em abril a empresa pagou R$ 13,819 milhões em dividendos aos acionistas.
Copel (CPLE6) também compõe a carteira em maio, no último pregão teve alta de 5,73% ao preço de R$44,25. O lucro líquido no 4T18 da empresa foi de mais de R$ 390 milhões, sendo 193,25% superior ao lucro anterior. Leia também   IPO do BMG: confira informações
As ações da Porto Seguro (PSSA3) por sua vez tiveram queda de 3,64% com cotação de R$52,35. Os ativos da empresa tiveram incremento 6,13% no 1T19, e de lucro 7,85%, isso em relação ao 1T18. Carteira recomendada Small Caps maio/19
É sempre bom estar ao dia com estas pequenas, até porque o valor de capitalização delas, que é pequeno. Elas têm seu desempenho medido pelo índice SMLL.
No último mês a carteira recomendada ficou com rentabilidade negativa -1,65% e o SMLL que valorizou 1,66%. Contudo, somente uma mudança de ativo foi feita:
A Grendene (GRND3) saiu, em seu lugar entrou Ferbasa (FESA4). A última cotação registrada do ativo foi R$20,42, fechando em baixa de -1,15%.
A receita líquida da FESA4 aumentou 12,46% do 4T17 para o 4T18, passando de R$258,76 milhões em 2017 para R$291 milhões em 2018. Tags: 1T181T194T174T18Banrisul (BRSR6)Benchmarkcarteiras recomendadas da EliteCopel (CPLE6)Enauta (ENAT3)Ferbasa (FESA4)Fleury (FLRY3)Grendene (GRND3)ibovespaÍndice Dividendos (IDIV)Índice IBrX 100índice SMLLPorto Seguro (PSSA3)Reforma da previdênciaSabesp (SBSP3)Suzano Papel (SUZB3)Tupy (TUPY3)Ultrapar (UGPA3)Usiminas (USIM5)