Proteste: conta corrente do Inter pode poupar R$ 1.198,00 ao ano

Devido ao cenário político que estamos passando, a regra tem sido buscar economizar ao máximo. E o banco Inter é uma excelente opção para isso veja como.
Quem possui conta em bancos tradicionais sabe que existe uma taxa mensal pela simples manutenção da conta. A fim de minimizar ainda mais os custos, especialistas sugerem contas digitais, como a do Banco Inter (BIDI4).
A Proteste destaca que além das taxas de manutenção de conta, o cliente paga por algo que às vezes nem usa. Como por exemplos seguros ou produtos que são dispensáveis à rotina do usuário, diferente do banco digital.
Segundo a Proteste, estima-se que ao optar por uma conta digital grátis do  Inter (BIDI4) o cliente economize cerca de R$ 1.198,00. Isso considerando um período de 12 meses, se comparado aos do Santander. Leia também   Mercado de Ações – Destaques do dia (08/02) Como funciona o Banco Inter
O Inter (BIDI4) é o antigo Intermedium que surgiu na década de 1990, em parceria com a MRV Engenharia. Antes, era apenas uma financeira que tinha por objetivo de fomentar crédito imobiliário no país.
Apenas em 2008 que conseguiu obter o título banco múltiplo pelo Banco Central. Depois, em 2014, o Banco Inter (BIDI4) lança a conta digital, onde possibilita acesso exclusivo por meio online. Proteste indica pacotes digitais
Além do Banco Inter (BIDI4), muitos são os pacotes de contas digitais que se destacam, vai depender do perfil do cliente. Sendo assim, caso lhe interesse, existem outros diversos bancos digitais que não seja o Inter, basta pesquisar.
A fim de melhor orientar o consumidor, a Proteste selecionou alguns perfis de clientes, para exemplificar como funcionam as contas digitais. Para melhor diversificar, elencaram opções de contas com e sem cheque. Leia também   PagSeguro, Stelo, SumUp e iZettle: qual a melhor maquininha?
Mesmo o Inter 2019 ainda não possui disponibilidade de cheques, onde neste quesito a melhor opção passa ser o Bradesco (BBDC4). Entretanto, no caso de serviços adicionais, o cliente irá pagar a mais, diferente de uma conta no Inter.
Ainda falando sobre o Inter 2019, o banco digital ainda supera o próprio Banco Original, que é subsidiário do Bradesco (BBDC4). Isto porque no ano seguinte, o Original cobra taxas de manutenção de conta.
Sendo assim temos que a melhor opção para quem não faz questão de cheques será o Inter 2019. Posto que possuem diversas soluções e serviços, onde a conta é totalmente gratuita, até mesmo para pessoa jurídica. Tags: banco digitalBanco Interbanco OriginalBBDC4BIDI4BradescoConta DigitalInterProtesteSantander