Dicas de como fazer as férias bem planejadas e não ficar no vermelho

Vale investir um tempo em planejamento para não gastar dinheiro à toa e ter liberdade para aproveitar a viagem
Um dos momentos mais esperados por quem passa o ano todo trabalhando, são as férias. Além disso poder viajar, sair da rotina, e poder aproveitar um tempo com a família e os amigos. É algo aguardado por todos.
Entretanto, muitos ainda não possuem o hábito de planejar as férias. Então o que pode trazer muitas complicações no decorrer da viagem.
Alguns exemplos são esgotar as passagens, ou ainda não haver mais vagas no hotel desejado.
Além disso, férias mal planejadas podem causar um impacto bem maior no seu bolso. Assim organizar e decidir com antecedência é de extrema importância! Assim, vamos lhes dar algumas dicas de como evitar ficar no vermelho e tirar suas férias com tranquilidade.
Índice de conteúdo PassagensAluguel de veículoHospedagemAlimentação e restaurantesPasseios turísticosFique atento ao câmbio Passagens
Você poderá economizar até 50% se comprar suas passagens aéreas com antecedência. Assim podem ficar ainda mais baratas se aproveitar as promoções das companhias.
Então se você buscar voos de ida e volta, em dias no meio da semana, como entre terça e quinta-feira. Assim poderá encontrar preços melhores. Isto porque as passagens de avião costumam ser mais caras nos finais de semana. No qual é quando a maioria das pessoas preferem viajar. Leia também   Conta Digital Yoou vale a pena? Aluguel de veículo
Para quem viaja de carro alugado, a antecedência também garante melhores preços.
Alugar um veículo compartilhado, por plataformas como o Pegcar é sem dúvida mais econômico. Então você precisará e antecipar para fugir dos altos preços das locadoras de automóvel tradicionais. Hospedagem
Acomodações como o Airbnb, costumam se esgotar mais rapidamente em períodos de alta temporada. Se você tem a intenção de fazer sua reserva neste modelo. Pois o importante é avaliar as acomodações com antecedência e garantir sua hospedagem.
Outras alternativas como o Booking.com, Hoteis.com e o Trivago são grandes aliados para escolher todo tipo de acomodação e comparar preços. Além disso, também apresentam promoções que podem chegar até 40%.
Caso ficar na dúvida quanto ao hotel em promoção, basta analisar os índices, pois hospedagens com bons preços e nota média 8 dos usuários são uma boa referência.
Além disso, preste atenção se o café da manhã, o estacionamento e a internet estão inclusos no preço da diária. Efetuar o pagamento da hospedagem antecipadamente poderá lhe economizar até 30%, e dependendo do local que irá visitar, pagar o hotel com cartão de crédito é uma boa opção. Leia também   Bull Market: O que é, definição
Uma outra opção é alugar um apartamento por temporada, o que pode ser mais pode ser mais barato que hotel. Antes de fechar um apartamento, pesquise muito, até mesmo no Airbnb alugar um imóvel pode ficar mais caro que ficar em hotel, pois o preço varia de acordo com a quantidade de pessoas.
A hospedagem é o principal ponto que pode encarecer ou baratear sua viagem, já que ela vai definir sua localização base e o custo do transporte. Alimentação e restaurantes
Se sua intenção é conhecer os melhores restaurantes do destino para o qual vai viajar, e fazer isso sem gastar tanto, basta se planejar.
Tenha sempre em seu smartphone aplicativos como Grubster ou ainda assinar programas como ChefsClub, que permitem a reserva em restaurantes com descontos bastante interessantes.
Outros aplicativos como o Yelp e o Foursquare são ótimas opções para encontrar lugares sugeridos por usuários na cidade em que você está. Uma dica é fugir dos restaurantes próximos aos pontos turísticos.
Se for do seu agrado, ou até mesmo para conhecer a gastronomia local, opte pelo prato do dia, geralmente ele irá incluir entrada e sobremesa, além de ser muito comum em alguns países. Leia também   Banco Inter Mastercard Black: o único Black sem anuidade Passeios turísticos
As atrações turísticas que recebem muitos visitantes, ou ainda parques temáticos, são os que costumam oferecer melhores descontos se você optar por comprar antecipadamente pela internet.
Uma dica importante é que você procure visitar pontos turísticos em dias mais baratos, que costumam ser durante a semana. Fique atento ao câmbio
Opte sempre por pagar com a moeda local, porque assim você não será cobrado por uma taxa de câmbio, que costuma ser maior do que deveria.
Caso seja uma moeda menos comum, a dica é levar dólares e euros do Brasil e trocar o dinheiro no país. Dê preferência aos bancos e casas de câmbio fora do aeroporto e do hotel que está hospedado.
A variação da taxa de câmbio entre um estabelecimento e outro é pequena e tem pouco impacto no orçamento de viajantes. Por isso, procure saber a cotação da moeda local e conhecer as notas antes de embarcar.
Também evite usar o seu cartão de crédito, para não sofrer com a variação do câmbio até o fechamento da fatura. Tags: #controle financeiro #alimentação #aluguel de veículos #câmbio #como sair do vermelho #Dicas #férias #hospedagem #passagens de avião #planejamento férias #Veículos