Moto G30 é bom? Entenda para tomar a decisão segura

Moto G30 é bom
Foto: (reprodução/internet)

Esse smartphone intermediário da Motorola possui quatro câmeras e uma bateria com longa duração, além disso seu preço caiu R$ 610,00 desde seu lançamento. Continue lendo para saber se o Moto G30 é bom.

PUBLICIDADE

Moto G30 é bom?

Trata-se de mais uma aposta por parte da Motorola para conseguir atrair consumidores que tenham o desejo de encontrar um intermediário perfeito. Com suas quatro câmeras, isso incluso o sensor de 64 MP, esse dispositivo também possui uma tela de 90 Hz e sua bateria pode durar até dois dias.

Contudo, ele não tem a função de pagamento por aproximação e traz um design pouco repetido, pouco atraente, fazendo lembrar modelos mais simples da fabricante. Ele chegou ao Brasil em março de 2021 disponível nas cores White Lilac (rosa) e Dark Prisma (cinza) com seu preço sugerido na faixa de R$ 1.899,00. Após seis meses, o G30 sofreu uma queda de preço bastante significativa em relação ao seu preço de lançamento, sendo comercializado a R$ 610,00 mais barato na Amazon por um preço na faixa de R$ 1.289,00.

O que tem de bom no Moto G30?

PUBLICIDADE
  • Tela

Ainda que seja um smartphone com preço mais acessível ao consumidor, o G30 oferta como um de seus grandes diferenciais uma tela capaz de se atualizar 90 vezes por segundo, 90 Hz. Isso vai na contramão do padrão dominante no mercado de celulares básicos e intermediários que é de 60 vezes por segundos, 60 Hz.

  • Bateria

A bateria deste aparelho possui 5.000 mA que se traduz numa autonomia de funcionamento que pode chegar até dois dias sem ir à tomada. São 159 horas de música, 16 horas de navegação ou 18 horas de reprodução de vídeo segundo a fabricante que ainda disponibiliza o carregador TurboPower de 20 Watts de potência.

  • Memória

Os consumidores desejam uma alta capacidade de armazenamento, esse é um dos requisitos mais relevantes na hora da compra. O Moto G30 vem de fábrica com 128 GB de memória e ainda é compatível com um cartão micros que pode chegar até 1 TB.

  • Câmeras

Quem possuir um Moto G30 estará bem servido no momento de tirar suas fotos, são quatro câmeras traseiras divididas entre a câmera principal de 64 MP, a ultra wide com 8 MP, a macro de 2 MP e por fim o sensor de profundidade que também possui 2 MP. Essa poderosa combinação permite, respectivamente, fotos de enquadramento normal, fotos com ângulos mais abertos, fotos mais detalhadas de objetos, ou composições com o modo retrato, desfocando seu fundo.

Ademais, o smartphone oferece visão noturna para fotos com a promessa de obter resultados aprimorados, além de também ofertar câmera lenta para filmagens.

Quais os defeitos do Moto G30?

PUBLICIDADE

Bem, para quem espera poder desfrutar da tecnologia NFC para realizar transmissão de dados de curto alcance para pagamentos por aproximação vai ter que procurar outro modelo, pois o Moto G30 não oferta NFC.

O padrão Wi-Fi 5 (802.11 ac) está presente no Moto G30 e é atualmente o padrão mais popular. Porém, o dispositivo não é compatível com o Wi-Fi 6 (802.11 ax), que é mais moderno, com maior velocidade e menor latência, e vem ganhando espaço no mercado.

Apesar dos seus benefícios interessantes de tela e câmeras ele peca na parte do design. Reaproveitando aparências de modelos mais baratos da marca ele sacrifica um pouco no seu apelo e pode passar a impressão de um produto demasiadamente simples.

A bandeja para utilização do Dual SIM apresenta uma limitação por ser compartilhada com o cartão microSD, o que levará o consumidor a ter que escolher entre ter mais armazenamento ou poder fazer uso de uma segunda linha.

Vale lembrar também acerca do assunto das câmeras que apesar de suas boas vantagens elas não possuem suporte a gravações de vídeo em 4K.

Qual a diferença do Moto G20 para o Moto G30?

Ambos os modelos possuem as mesmas configurações de tela não havendo nenhuma melhoria na troca do G20 para o G30 neste quesito, já nas câmeras o G30 possui câmera principal de 64 MP enquanto o G20 apenas de 48 MP. O G30 também lida melhor contra a luz e em áreas de alto contraste.

Qual o melhor celular para comprar em 2021?

O Moto G20 já se tornou um modelo deslocado que apenas melhora o processamento do G10. O Moto G30 valoriza mais o dinheiro investido e vai ofertar uma longevidade maior que o outro, isso sem lhe causar maiores problemas.

A maior diferença entre eles no armazenamento e processamento é que o G30 possui o dobro da memória do G20. Para bateria ambos atendem à promessa de durar os dois dias com uso mediano, mas o G20 só aguenta 10 Watts de recarga, significando que vai recarregar mais devagar que o G30.

PUBLICIDADE

INSCREVA-SE

Digite seu email:

Entregue por FeedBurner