Como fazer uma reclamação sobre seu cartão de crédito? Passo a passo!

Os clientes não estão apenas de saco cheio com o serviço que recebem de empresas financeiras, mas também não estão preparados para tomar medidas contra eles. As reclamações contra bancos, cartões de crédito e outras empresas só cresceu nos últimos anos. E se você quer que sua reclamação seja ouvida, nossas dicas vão garantir que a sua reclamação seja solucionada.Decida o que você quer
Seja claro sobre a natureza da sua queixa e quais as medidas que você necessita. Escreva os pontos-chave e informações importantes, tais como números de conta ou de contrato, onde a conta foi aberta, o número do cartão, e em que data ocorreu o problema.Fale com a operadora do cartão de crédito
Na maioria dos casos, o seu primeiro ponto de contato será um call center ou ramo local. O número está geralmente na parte traseira de seu cartão de crédito ou no site do banco/instituição financeira que emitiu o cartão. Anote todos os números de protocolo dados para sua reclamação.Faça uma queixa por escrito
Se o problema não pode ser resolvido por uma chamada telefônica, visite seu gerente. Faça fotocópias de documentos, envie cartas par ao atendimento e/ou emails. Tenha sempre um registro de tudo que já foi enviado. Use sites como o Reclame Aqui para tentar levar sua reclamação a mais “camadas” da empresa.Mantenha a calma
Negociar sobre o labirinto de menus telefônicas automatizadas pode testar a paciência de qualquer um. Seja cortês e educado para obter os melhores resultados, mesmo depois de já ter feito uma reclamação escrita.Atenha-se ao ponto
Não desvie-se dos termos de sua reclamação. Se você está sendo iludido, é fácil escorregar para o argumento de um desconto ou outros problemas mais simples. Quanto mais simples uma reclamação, mais fácil de resolver.
O mais importante ao ver os erros no cartão é manter a calma. O desespero só irá atrapalhar que você encontre uma boa solução. (Foto: blog.credit.com)Mantenha um registro dos documentos
Em cada etapa, tome nota de com quem você fala, o tempo e a resposta dada. Queremos reforçar a importância de anotar números de protocolo e registrar todas as conversas que você teve.Indique como você gostaria que o assunto seja resolvido
Você está procurando um reembolso, um pedido de desculpas ou compensação? Diga ao provedor do cartão de crédito o que você quer. Seja realista, porém, e não vá pedindo exageros na hora de negociar. Converse com o gerente antes de passar para a próxima etapa, pois ele pode te dar uma solução boa para o problema.Chame as agências reguladoras
Deixe claro que, se este problema não for resolvido você vai levar a questão ao Banco Central e ao PROCON. Depois de oito semanas, a empresa tem de fornecer uma resposta final ao seu problema. Se você acha que isso não é satisfatório, você pode levar sua reclamação ao PROCON e diretamente ao Banco Central pelos meios de comunicação da instituição.Seja paciente
O PROCON e o Banco Central farão uma avaliação inicial sobre se você tem motivos para reclamar. Se a denúncia for aceita, pode levar algum tempo para chegar a uma decisão. O PROCON e o Banco Central geralmente atuam como mediadores, ajudando você e o banco a entrarem em um acordo. Caso não entre em acordo, você deve levar o emissor do cartão de crédito à Justiça, entrando com um processo no Juizado adequado à sua situação. Durante o período que você está fazendo a reclamação, evite ao máximo usar seu cartão de crédito.Saiba quando desistir
Se o PROCON, Banco Central ou a Justiça rejeitam suas reclamações você pode recorrer da decisão com um advogado. Ele irá te ajudar a decidir se é uma boa ideia desistir da causa ou se você deve dar continuidade.
Esperamos ter ajudado você a fazer sua reclamação sobre o cartão de crédito. Se ficou alguma dúvida, não deixe de perguntar nos comentários abaixo!